14 abril 2006

Venho de uma família humilde, onde os tios, irmãos da minha mãe, eram todos boêmios. Desde menino, privei com instrumentos musicais que haviam na casa de meu avô, que pertenciam a estes tios. Quando alguém perguntava o que eu gostaria de ser quando crescesse, minha resposta era imediata: - Quero ser FARRISTA. E ficava brabo quando diziam que farrista não era o melhor caminho a ser tomado. Insistia: - Quero ser FARRISTA e pronto.

2 Comments:

Blogger Sete décadas said...

Luiz Mauro, recem hoje consegui abrir teus registros e sei que muitas vezes o farei, porque tens um material valioso p ser lido, apreciado, quero ouvir tuas lindas composições, poemas, fotos e até achei o Rui Barros q tanto curti, casado c colega Lorena. Achei Erica Norimar de quem era fã e tu, surpreendentemente artista, pai de um filho lindo! Até. Parabens

16 janeiro, 2009  
Blogger Sete décadas said...

Luiz Mauro, recem hoje consegui abrir teus registros e sei que muitas vezes o farei, porque tens um material valioso p ser lido, apreciado, quero ouvir tuas lindas composições, poemas, fotos e até achei o Rui Barros q tanto curti, casado c colega Lorena. Achei Erica Norimar de quem era fã e tu, surpreendentemente artista, pai de um filho lindo! Até. Parabens. tania

16 janeiro, 2009  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home