14 abril 2006

Por volta de 1966, fui procurado por um moço, que morava próximo da minha casa. Disse-me que sabia que eu tinha algumas composições, que também fazia músicas, que conhecia a Elis Regina, que soube que ela pretendia gravar um LP somente com autores Gaúchos e se ofereceu para me apresentar a ela. eu mostraria as minhas músicas e ele mostraria as suas. Aquilo me assustou um pouco, mas ... não tinha como recusar. Poucos dias depois este moço me levou até a Rádio Gaúcha, no Edifício União, onde fui apresentado a ela, como compositor. Foi marcada uma noite pra gente se encontrar, em sua residência, na Vila do IAPI. No dia marcado, fui até lá e, pra minha surpresa, o tal moço não apareceu. Fiquei sozinho, tremendo feito vara verde, quando ela me pediu pra cantar alguma coisa minha. Quando acabei de cantar a primeira música, ela, com a cabeça apoiada entre as mãos, visivelmente emocionada, gritou: - Onde é que tu tava rapaz ?! – Claro que fiquei satisfeito com aquela exclamação, mas também muito mais assustado. Na mesma hora, ela marcou novo encontro na próxima semana. Quando cheguei lá ela foi logo dizendo: - Olha, vem uns caras aqui, que querem te conhecer. Um pouco mais e os caras foram chegando. Tulio Piva, Mutinho, Francisco Carlos (master da TV Gaúcha). – Depois de eu cantar algumas das minhas composições, o Francisco Carlos perguntou: - Luiz Mauro, vamos gravar um tape ? (que será isto, perguntei aos meus botões), mas respondi que SIM. Lembro da Elis erguendo os braços num "Viva, ele aceitou !!!"

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home